Três indivíduos cariocas foram presos na BR 265 fingindo ser da Polícia Civil entre Barroso e Barbacena

TRIO FALARAM SER DA POLÍCIA CIVIL, APRESENTANDO DOCUMENTAÇÃO FALSA E SÃO PRESOS NA BR-265

Três indivíduos, de idades não divulgadas, foram presos por falsidade ideológica em Barbacena na quarta-feira (17). Eles alegaram ser policiais civis do estado do Rio de Janeiro, mas a Polícia Militar Rodoviária (PMR) constatou indícios de falsificação nos documentos apresentados.

Os suspeitos foram abordados no km 1 da BR-265, próximos a um carro e uma carreta. Eles alegaram à PMR que estavam escoltando o veículo e durante a abordagem apresentaram versões controversas.

Após análise dos documentos de identidade funcionais apresentados, a PMR constatou que os suspeitos haviam sido exonerados da polícia em 2006, e já respondiam por processos relacionados a porte ilegal de arma de fogo, receptação, falsidade ideológica e uso de documentos falsos.

A PMR também percebeu indícios de falsificação nos documentos da carreta. Estes foram apreendidos, junto das identidades funcionais.

Com os suspeitos, também foi apreendido um revólver com a numeração raspada, 14 munições, um cinturão baleeira, quatro coldres, uma faca, uma capa de colete da Polícia Civil, quatro pistolas falsas e R$ 683 em dinheiro.

Na carreta, foram encontrados diversos eletrônicos e eletrodomésticos, com nota fiscal. Segundo a PMR, a perícia técnica lacrou a carga para uma conferência futura.

O trio foi preso por porte ilegal de arma de fogo com numeração raspada, falsidade ideológica e uso de documentos falsos. Os três foram encaminhados à delegacia de Barbacena.

Informações: G1 e Rádio Liberdade de Barroso 98,7