Mesmo com anúncio de fim da greve, postos de BH e região amanhecem com filas

A previsão do Sindicato das Empresas Transportadoras de Combustíveis e Derivados de Petróleo do Estado de Minas Gerais (Sindtanque-MG) é que os postos sejam reabastecidos ao longo do dia

Fila para posto na avenida Olinto Meireles, no Barreiro Foto: Uarlen Valério

Mesmo após o anúncio do fim da greve dos tanqueiros, na noite desta sexta-feira (26), os postos de combustíveis amanheceram com filas em Belo Horizonte, na manhã deste sábado (27). A previsão, segundo Sindicato das Empresas Transportadoras de Combustíveis e Derivados de Petróleo do Estado de Minas Gerais (Sindtanque-MG), é que os postos sejam reabastecidos ao longo do dia.

Na avenida Olinto Meireles, uma das principais da região do Barreiro, os motoristas já faziam filas, por volta de 8h, para abastecer os veículos. Na avenida Nossa Senhora do Carmo, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, os condutores também fizeram fila para conseguir combustível. Nesta sexta, todos os postos da cidade ficaram lotados.

A categoria pede uma redução na alíquota do ICMS sobre o diesel. “Esperamos que o governo possa olhar para essa categoria, tão sofrida devido ao aumento do óleo diesel, que representa mais de 60% no valor do frete”, completou.

A decisão de suspensão da greve foi tomada após uma reunião entre a entidade e os secretários de Estado de Governo, Igor Eto, e de Planejamento, Otto Levy, na noite desta sexta-feira (26).

“Mediante compromisso do governo, a categoria decidiu suspender a greve e voltar às suas atividades. Colocamos nosssos pleitos e na próxima semana será marcada data para que a entidade possa se reunir com o governo e dar sequência a essa pauta”, afirmou Irani Gomes, presidente do Sindtanque-MG.

Nesta sexta, o governador Romeu Zema (Novo) publicou nas redes sociais que criaria um grupo de trabalho na próxima semana para estudar uma possibilidade de se atender à demanda dos tanqueiros, que pedem uma redução na alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o diesel.

“Reduzir impostos é um desejo meu e um compromisso desse Governo, vamos continuar perseguindo esse objetivo tão logo a situação fiscal do Estado e as limitações legais trazidas por ela nos permitam. Até lá, temos de construir alternativas e vamos buscá-las em conjunto”, disse Zema, reafirmando que irá negociar com a categoria.

Clique aqui e vejam a matéria : Sindicato anuncia o fim da greve dos caminhoneiros em Minas = ONTEM ÁS 22:30 

Fonte : Jornal O TEMPO